Noticias

A Samsung continuará fabricando os processadores do iPad, iPhone e Apple TV

processador-a5-apple
Escrito por André Darugna

Depois de tantas brigas na justiça em razão da guerra das patentes, finalmente no dia 14 deste mês a Apple assinou um contrato com a Samsung para que a coreana continue produzindo os processadores de seus produtos a partir de 2015.

O acordo entre Apple e Samsung inclui a fabricação dos processadores AX, inclusive fala-se da fabricação de um processador de 14 nanômetros (tecnologia FinFET) que estaria equipando o iPhone 7, esta tecnologia poderá garantir melhor aproveitamento da bateria e maior potência de processamento para os produtos da maçã.

Parceiras em desenvolvimento, rivais nos tribunais. Saiba mais sobre essa história.

Apple assina novo contrato com a Samsung

Aparentemente para a Apple e a Samsung os processos em andamento sobre questões como violação de patentes não são tão importantes como o desenvolvimento de novos produtos com novas tecnologias, os novos processadores que serão fabricados pela coreana possuem a tecnologia FinFET de 14 nanômetros, o que faz deles dispositivos mais potentes em velocidade de processamento e muito mais eficazes no consumo da bateria, o que permitirá a Apple praticamente dobrar a velocidade dos aparelhos sem perder em durabilidade de carga.

Apple e Samsung possuem vários casos nos tribunais relacionados a patentes industriais.

Apple e Samsung possuem vários casos nos tribunais relacionados a patentes industriais.

Não temos como saber quais produtos a Apple tem em desenvolvimento, nem temos alguma informação filtrada que seja de confiança, o certo, é que para que ela siga a curva de desenvolvimento de seus produtos será fundamental que ela adote ditos processadores mais modernos, com a qualidade que a Samsung está acostumada a entregar.

Novidades a parte, um novo produto Apple sempre vem com o dobro de velocidade e a mesma duração da bateria, isso seja para o iPhone ou iPad, é possível imaginar que para implementar num iPad mini uma tela Retina, um processador mais potente e com consumo otimizado seja mais do que necessário, é crucial.

Antes da confirmação da assinatura deste contrato, circulavam os rumores de que a Apple abandonaria a Samsung em retaliação pelos diversos casos de violação de propriedade intelectual, dizia-se que a quem fabricaria os novos processadores da maçã seria a TSMC (Taiwan Semiconductor Manufacturing Company), porém, como podemos ver ao final de tudo a Apple resolveu apostar mais uma vez em sua companheira de longa data, que além de ter uma qualidade já comprovada poderá atender à qualquer demanda de produção que a Apple exija.

É certo de que os produtos da Apple vendem como água no deserto, portanto, a gigante de Cupertino preferiu não arriscar e apostar todas as suas fichas numa empresa que poderá dar o respaldo necessário em caso de tremendo sucesso de uma futura geração de iPads ou iPhones.

Debate:

  • O que você acha do contrato de produção entre duas rivais dos tribunais?
* Fonte: iMore

Sobre o autor

André Darugna

Blogueiro fundador do iPad Dicas e Viagens Dicas, formado em Comunicação e vencedor de 2 prêmios Top Blog.

2 comentários