Extras

Entrevista com Jair Pereira, desenvolvedor brasileiro de jogos para iPad e iPhone.

Tela do iPhone Simulator, uma ferramenta para testes disponível no Xcode, software de desenvolvimento da Apple.
Escrito por André Darugna

Hoje teremos um artigo pouco comum aqui no iPadDicas, uma entrevista, porém, considero que seja de suma importância o assunto tratado independente do nível de usuário que você é, seja um iniciante como um avançado no iOS, sempre é importante saber como os aplicativos são produzidos, quais as dificuldades no ramo e quais as ferramentas que um desenvolvedor utiliza em seu trabalho.

Jair Pereira é um desenvolvedor brasileiro de 27 anos que atua no ramo da computação desde sua adolescência, aos 13 anos. Possui dois jogos publicados na loja de aplicativos da Apple, ambos com versão universal para iPad, iPhone e iPod touch.

Esta semana foi lançado seu segundo título, o Rocket Plane, que é gratuito e está fazendo um grande sucesso na loja brasileira.

Decidi portanto, fazer um artigo diferente, entrevistar este empreendedor que poderá inspirar grande parte de nossa audiência, tendo em consideração que o mercado mobile está em constante crescimento e quem trabalha nele pode chegar a faturar milhares de dólares trabalhando desde o conforto de sua casa.

Que tal conhecer mais sobre o Jair Pereira e sua trajetória como desenvolvedor?

Primeiramente vou apresentar os jogos que o Jair já publicou na App Store, ambos para iPad, iPhone e iPod touch.

Baixe ao menos o Rocket Plane que é gratuito!

Chicken Heroes
Chicken Heroes (AppStore Link) Desenvolvedor: JAIR G PEREIRA JR
Compatibilidade: [iPhone] [iPad]
Categoria: Jogos › Entretenimento
Preço: Grátis
Rocket Plane
Rocket Plane (AppStore Link) Desenvolvedor: JAIR G PEREIRA JR
Compatibilidade: [iPhone] [iPad]
Categoria: Jogos › Arcade
Preço: Grátis

Agora vamos para a entrevista? Você vai conhecer um pouco sobre tudo o que rola nos bastidores do desenvolvimento de jogos para iPad no Brasil, não perca.

Qual é a sua formação e como você aprendeu a programar Jogos?

Eu sou formado em Tecnologia em Informática pela UFPR e fiz uma especialização em Desenvolvimento Web também pela UFPR. Mas, na verdade eu já estava programando e desenvolvendo sistemas desde os meus 13 anos de idade (tenho 27). É lógico que fazia apenas como brincadeira, mas desde pequeno eu já sabia que queria trabalhar com informática.

O aprendizado na parte de jogos foi uma escolha bem recente, na verdade faz menos de 3 anos. Me interessei pelos jogos que estavam fazendo sucesso na época e fui principalmente influenciado pelo surgimento do iPhone e a possibilidade de desenvolver para smartphones.

Até que um dia tirei férias e durante o tempo que fiquei em casa, resolvi me dedicar a aprender o framework cocos2d, o resultado disso foi que meses depois estaria lançando o meu primeiro jogo: Chicken Heroes.

De onde surgiu a idéia do Rocket Plane, e como você elaborou o conteúdo?

A idéia inicial veio de amigos, um deles me disse: “Cara, eu jogava um joguinho de avião de papel que era muito legal…” e aquela idéia ficou martelando na minha cabeça. Eu não estava preocupado em reinventar a roda ou simplesmente fazer mais um jogo de avião de papel, eu estava preocupado em fazer o meu jogo de avião de papel.

As idéias foram surgindo aos poucos, eu só sabia que tinha que ser com aviões de papel e que teriam vários modelos, uma coisa foi complementando a outra, posso dizer que o desenvolvimento foi baseado no que meus amigos disseram sobre o jogo. Fui melhorando e acrescentando coisas, uma das coisas que eu acho mais legal neste jogo foi só acrescentada na última semana antes de ser enviada para a aprovação (por sugestão de outro amigo). Até chegar ao ponto em que olhei para o produto final e disse:

Posso melhorar ainda mais, mas acho que tá legal.

Como foi desenvolver o jogo e quais foram as maiores dificuldades?

Foi extremamente desafiador, desenvolver jogos não é nada fácil, se engana quem pensa que o kit de desenvolvimento já vem junto com um monte de ferramentas bonitas que você só arrasta e solta, e o jogo estará funcional. É preciso muita dedicação, alterações e revisões constantes para garantir que o que você está fazendo está dentro do esperado.

Além disso, tive que trabalhar e evoluir em outras áreas que vão além do simples ato de programar, tive que melhorar muito minha capacidade de design, música e efeitos sonoros, marketing, jogabilidade e pensar em toda a estrutura de um jogo, em como atrair mais jogadores e tornar o jogo cada vez mais divertido.

Jair Pereira (27 anos) desenvolvedor brasileiro de jogos para iPhone, iPad e Android.

Jair Pereira (27 anos) desenvolvedor brasileiro de jogos para iPhone, iPad e Android.

Tive muitas dificuldades com a parte de testes em dispositivos que eu não possuia, como o novo iPhone 5, iPad Retina e até mesmo um Android com uma capacidade de processamento melhor. Problemas com diferentes resoluções de tela e adaptação das imagens para estas resoluções, entre outros que eu prefiro nem citar.

Quais foram as ferramentas utilizadas?

Quando comecei o projeto a um ano atrás, meu pré-requisito era o desenvolvimento multi-plataforma, por este motivo acabei optando por usar o framework chamado cocos2d-x, que além de ser baseado no framework cocos2d que eu já havia trabalhado, também é open-source.

Juntamente com ele utilizei também outras ferramentas como o LevelHelper e o CocosBuilder. Porém fica aqui uma resalva, as versões que utilizei eram versões alfa do projeto cocos2d-x e tive que realizar muitas adaptações e correções de bugs no próprio framework.

Isso em muitos momentos acabou me atrapalhando ainda mais, entretanto ainda considero o projeto do cocos2d-x como uma alternativa muito boa para desenvolvedores independentes.

Quais são as dificuldades de Desenvolvedores Independentes de Jogos no Brasil?

Infelizmente o desenvolvimento de jogos para mim ainda é um hobbie, não é minha fonte de renda principal, nem mesmo a secundária.

Quando você tem um produto, tem de vendê-lo, aqui entra o verdadeiro desafio. No Brasil existe uma resistência muito grande a pagar por um jogo, nesse caso o mercado é ainda esmagador. Nesse ponto é você contra o resto das grandes empresas de jogos, você terá de concorrer com elas por cada fatia do mercado que estiver disponível.

iphone-simulator

Tela do iPhone Simulator, uma ferramenta para testes disponível no Xcode, software de desenvolvimento da Apple.

E quando digo concorrer, digo concorrer de igual para igual, se o seu jogo tiver uma imagem que não esteja nos mesmos padrões que uma empresa grande faria, você é criticado duramente por isto. A maioria dos jogadores não tem esta percepção da diferença de um jogo que foi feito por uma pessoa no seu tempo “livre” para um jogo no qual existem equipes de pessoas focadas unicamente para desenvolver um único personagem do jogo.

O seu produto não pode ser de forma nenhuma inferior ao de uma grande empresa.

Quais conselhos você passaria para quem gostaria de desenvolver jogos?

Eu poderia dar muitos conselhos sobre ferramentas, desenho, criatividade, jogabilidade, programação, marketing etc., mas acredito que dois grandes conselhos se destacariam acima desses.

O Primeiro: Independente do que você for fazer, faça com amor e dedique-se o máximo que você puder, não desista na primeira dificuldade que aparecer (nem nas demais dificuldades).

O Segundo: Começe a fazer, saia do projeto e vá direto para a prática. Muitas pessoas ainda não começaram a fazer, ou porque estão planejando demais, ou porque ainda estão esperando que a melhor idéia apareça. Seja a idéia que for, por pior que seja, você só tem de acreditar nela e ir com ela até o fim acreditando que o restante das coisas irão ocorrer de forma natural. Acredite que de alguma forma os pontos irão se conectar lá na frente e você conseguirá terminar.

Considerações Finais

Bom pessoal, considero muito importante essa troca de ideias, este bate-papo com um desenvolvedor brasileiro que está empreendendo neste mercado tão grande e importante. Desenvolver jogos e aplicativos para o iOS é um grande desafio, certamente, mas não é impossível.

Veja o caso de nosso entrevistado, o Jair Pereira, ele dedicou seu tempo livre para aprender e também para desenvolver seus dois jogos aprovados na App Store, um deles o Chicken Heroes possui 4 estrelas na loja. Já o Rocket Plane é muito recente ainda, foi lançado esta semana na App Store, porém já é possível ler boas resenhas sobre ele na App Store.

Se você tem interesse em começar a desenvolver aplicativos para o iPad, iPhone e iPod touch, quero recomendar um curso que eu mesmo já participei, com outro desenvolvedor brasileiro, o Wilson Baraban Filho.

O Wilson está abrindo um novo curso que iniciará dia 06 de maio, será totalmente online e ao vivo, você não precisa morar em um grande centro para participar. Fiz parte da última turma e foi realmente muito proveitoso, mais informação você encontra no site Sabixão, onde o custo será ministrado.

Se você já tem um App ou Jogo publicado na App Store, envie seu aplicativo para ser revisado por mim, será um prazer publicar gratuitamente minhas impressões sobre ele. Acesse nosso formulário de solicitação de resenha.

Debate:

  • Você costuma dar preferência ou apreciar os aplicativos nacionais?
  • Já pensou em desenvolver um aplicativo seu e lançar na App Store?

Até já.

Sobre o autor

André Darugna

Blogueiro fundador do iPad Dicas e Viagens Dicas, formado em Comunicação e vencedor de 2 prêmios Top Blog.

9 comentários

  • Ah ê eu acho sensacional conhecer um pouco mais sobre as pessoas envolvidas na criação desses aplicativos. Para mim essas pessoas são geniais ( e nossa querida ministra da cultura sequer sabe o quanto de arte e ciência há envolvido na produção de um jogo). Como o próprio Jair cita, muitas pessoas sabem apenas criticar um produto brasileiro feito muitas vezes por um homem só, contra um ambicioso produto importando que teve um investimento de milhares de dólares.
    Espero que o Ipad Dicas continue a trazer mais entrevistas com esses desenvolvedores nacionais, eu mesmo recomendo os meus amigos da http://dotfivelabs.com.br/ , sobretudo uma matéria com o Rafael Maas, um dos sócios fundadores.
    Valeu galera.

    • Olá Lionel, agradeço sua positividade. É muito importante este feedback tanto para mim quanto para o Jair, duas pessoas que estão na luta diária numa carreira solitária tentando ajudar e divertir o mundo. ;) Abraço.

    • Obrigado por comentar, bem nessa mesmo. Um mercado bem concorrido mas muito satisfatório, fico feliz em ver que nossos compatriotas estão empreendendo neste mercado, sobretudo com apps de qualidade como os do Jair. Saímos daquele grupinho elitizado e estamos conhecendo novas caras com muito talento.

  • Parabéns por esse post, a entrevista foi muito legal e é muito gratificante perceber o resultado do esforço de um “garoto” de 27 anos que resolveu fazer algo de útil com seu tempo livre.

    André, sempre q possível, divulgue esses app criados por brasileiros, principalmente com o perfil do Jair. Não uso muito o iPad para jogos, mas vou baixar os 2 e darei minha opinião positiva a respeito.

    Abraço.

    • Olá Filipe,

      Muito obrigado pelo reconhecimento, Não tenha dúvida que esse reconhecimento é muito importante para nós desenvolvedores.

      Independentemente de você baixar os dois jogos, fica aqui também o meu agradecimento. A maior satisfação que tenho todos os dias é observar a quantidade de downloads que o jogo teve (independente de serem grátis ou pagos) e saber que o meu trabalho está divertindo outras pessoas.

      Uma coisa que esqueci de comentar e aproveito para destacar, o Chicken Heroes, está pago hoje, mas já ficou Grátis por mais de um ano, e como foi o meu primeiro jogo, serviu de aprendizado, e como o publico alvo dele é outro, resolvi deixá-lo pago.

      Abraço.

  • Boa Jair!! Faço os testes qdo comprar meu dispositivo Apple! Parabéns pelo esforço e dedicação dispensados!