Apps

Saiba o que me fez trocar o Things pelo Wunderlist

icoTW
Escrito por João Otávio

As famosas “to do lists” (ou Listas de Tarefas) provenientes do método organizacional “Get Things Done”, proposto por David Allen, vem ganhando cada vez mais espaço no mundo dos aplicativos.

Já que tratam de vários conceitos envolvidos com a organização e a produtividade pessoal, e o número de pessoas adeptas as listas cresce exponencialmente.

O fato de ser um conceito simples facilita o desenvolvimento de aplicativos, mas isto tem um lado ruim: existem milhares de aplicativos para gerenciar suas listas, mas 99% não valem a pena.

Nota do Editor: (André Darugna)
Artigos como este são exemplos claros de nossa dedicação em oferecer conteúdo de qualidade para vocês e é por isso que pedimos gentilmente sua colaboração, com uma pequena doação para ajudar a manter este blog.
No final deste post você tomará conhecimento do porquê você não precisa gastar $20 em um aplicativo se há um outro possivelmente melhor que está disponível grátis!

Há pessoas que prefiram um aplicativo simples, se possível de lista única, onde coloca tudo que deve fazer vá marcando a medida que completa cada tarefa. Há também as que preferem aplicativos mais “complexos”, com múltiplas listas, divisão por projeto, caixa de entrada, tarefas com data específica e por ai vai, cada um com sua preferência.

Particularmente, sou usuário desse tipo de lista, e passei a vida procurando um aplicativo bom para o gerenciamento das minhas. Quando entrei no mundo do iPad, um dos primeiros aplicativos que baixei para meu gadget foi o “Easy Note + To Do”. A experiência não foi boa, e após umas pesquisas e mais de 10 aplicativos semelhantes baixados, encontrei o Things for iPad.

O preço é um absurdo (US$19,90), mas foi nele que encontrei o que queria naquela época.

Segue uma pequena review sobre o Things:


Things for iPad

O Things é um gerenciador de tarefas que promete ser simples, e conseguiu assimilar isso com vários recursos (coisas que muitos outros não conseguem).

Cada tarefa, no momento da sua criação, você pode definir tags, notas, datas e relacionar a mesma com algum projeto específico.

Automaticamente ele já organiza as todos pela sua data. Na barra lateral, temos o grupo de botões: “Today”, “Next”, “Scheduled” e “Someday”. Na opção “Today”, ele exibe apenas as tarefas que estão marcadas para ser feitas naquele dia ou atrasadas.

Na “Next”, ele exibe todas as tarefas ordenando pela data programada. Na “Scheduled”, você pode programar listas e projetos que quer fazer, mas em outra data. “Someday”, são as tarefas que você não irá fazer agora, mas não quer ficar sem elas.

É possível criar projetos para agrupar tarefas relacionadas:

Outro detalhe interessante também, é que as tarefas feitas são movidas diariamente para o “Logbook”.
Lá você encontra todas as tarefas que já realizou, caso queria conferir ou algo assim:

E por um longo tempo, vivi um caso de amor com o Things. Não me imaginava usando qualquer outro aplicativo para tais fins. O Things me atendia completamente, porém, eu estava “preso” a ele no iPad. Não conseguia ver minhas listas e tarefas em outro local, a não ser no meu iPad.

Até que isso tudo mudou, quando encontrei o Wunderlist.

Baixe grátis agora mesmo o Wunderlist!

A proposta do Wunderlist é similar a proposta do Things, mas ele vem com uma abordagem diferente.

Possui dois enormes diferenciais: é grátis e pode ser acessado de qualquer lugar!

Saiba mais sobre o Wunderlist e entenda porque ele é melhor que o Things

Além de fazer quase tudo que o Things já fazia, ele conseguiu organizar tudo de tal modo que deixou os recursos básicos e mais usados mais acessíveis. Com isso, ficou mais rápido e fácil fazer tudo o que fazia no Things.

Um exemplo do que disse acima, é que no Wunderlist, quando você está visualizando uma lista, já está no topo das tarefas, um campo para adicionar uma tarefa, coisa que no Things ficada escondida no menu.

O Wunder permite que você adicione notas, data, lembrete e prioridade para as tarefas.

E assim se vai, podendo ter inúmeras listas e ver cada uma separadamente; ou ver todas as tarefas juntas, ou ver apenas as com mais importantes, ou ver as marcadas para hoje, ou amanhã, as atrasadas e as que estão marcadas para daqui 7 dias.

Além disso tudo, o Wunderlist tem quatro diferenciais em relação ao Things:

  1. Wunderlist é grátis! (YEAH!)
  2. No Wunderlist, você pode adicionar novas tarefas via e-mail!
  3. Você pode alterar o fundo de tela do aplicativo (eu sei, nenhuma utilidade, mas é um diferencial).

Notaram que eu citei apenas 3 diferenciais acima, mas prometi 4? Não, não foi um erro.
Apenas deixei o melhor (e o principal motivo que me fez trocar o Things pelo Wunderlist):

O Wunderlist é acessível de qualquer lugar!

Sim, isso mesmo. Você pode usar o Wunderlist de qualquer lugar, estando ou não com seu iPad.

O Things até que não se prende ao iPad, mas foi feito para quem vive no “Apple World”.
Ele possui versão para iPad, iPhone (US$ 9,99) e Mac (US$ 49,95), e sincroniza seus dados entre os 3. Isso torna o sonho de sincronismo e acesso as tarefas de qualquer lugar bem limitado.

Já o Wunderlist possui versões para iPad (free!), iPhone (free!), Android (free!), Windows (free!), Mac OSX (free) e sua versão web-based: www.wunderlist.com (free também!) e sincroniza suas tarefas* entre todas elas pela internet. Ao criar a sua conta no Wunderlist (que não demora 2 segundos para ser feita), você já pode desfrutar desta variedade de plataformas e controlar suas listas de qualquer lugar.

Concluindo, para quem deseja gerenciar suas listas e tarefas, eu recomendo o Wunderlist, sem sombra de dúvidas.

* Ele sincroniza apenas as tarefas não feitas.

Links Úteis

Get Things Done, pela Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Getting_Things_Done
Wunderlist: http://www.6wunderkinder.com/wunderlist/ (Site Oficial)
Wunderlist WebApp: http://www.wunderlist.com/home
Things for iPad: http://culturedcode.com/ (Site Oficial)

Sobre o autor

João Otávio

Tenho 19 anos, sou de Belo Horizonte e estou cursando Sistemas de Informação pela PUC-MG. Trabalho na Movida Comunicação e, como
vocês já devem esperar, sou (i)hard user de iPad.

41 Comentários

Deixe um comentário